Notícias

Pesquisa mostra que 35% de bares e restaurantes pretendem contratar

Estabelecimentos com dívidas em atraso somam 40%

Levantamento divulgado nesta segunda-feira (13) pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) mostra que 35% de empresários de bares e restaurantes do país pretendem contratar funcionários até o final do ano, mais da metade (58%) deve manter o número de empregados e 7% poderão demitir parte das equipes.

Como motivos para ampliar o quadro de funcionários, os empresários indicaram o reforço para que os estabelecimentos deem conta das demandas da época (62%), atender a necessidades de gestão e reorganização do negócio (22%) e renovar a equipe (20%). Os que desejam abrir filiais ou novas unidades somam 8%.

A Abrasel também apurou que 24% dos comércios do ramo tiveram prejuízo em setembro, contra 35% que tiveram lucro e 40% que fecharam o mês com o mesmo desempenho de outros meses. O resultado, ressalta a entidade, é praticamente igual ao constatado na última pesquisa, referente aos faturamentos de agosto.

Outro dado relevante para o setor é o de que 40% dos estabelecimentos afirmaram ter dívidas em atraso, além de empréstimos. Dessa parcela que declarou ter débitos em aberto, 75% acumulam débitos relacionados a impostos federais, 44% a impostos estaduais, 31% a encargos trabalhistas, 24% a serviços públicos e 22% devem a fornecedores.

As dificuldades financeiras que os estabelecimentos têm são repassadas, na maioria dos casos, ao consumidor. Segundo a Abrasel, apenas 33% das empresas decidiram não reajustar os preços dos produtos que oferecem. Entre aqueles que realizaram ajustes no cardápio, 24% optaram por calcular os valores abaixo da inflação dos últimos 12 meses, ante 34% que ajustaram conforme a inflação e 8% que optaram por corrigir os valores acima da média.

Edição: Fernando Fraga

voltar

Links Úteis

Indicadores diários

CompraVenda
Dólar Americano/Real Brasileiro4.93944.9403
Euro/Real Brasileiro5.33355.3415
Atualizado em: 21/02/2024 15:13

Indicadores de inflação

11/202312/202301/2024
IGP-DI0,50%0,64%-0,27%
IGP-M0,59%0,74%0,07%
INCC-DI0,07%0,31%0,27%
INPC (IBGE)0,10%0,55%0,57%
IPC (FIPE)0,43%0,38%0,46%
IPC (FGV)0,27%0,29%0,61%
IPCA (IBGE)0,28%0,56%0,42%
IPCA-E (IBGE)0,33%0,40%0,31%
IVAR (FGV)-0,37%-1,16%4,34%